Você pode fazer um review de qualquer curso universitário que está nas nossas páginas. Basta se cadastrar ou se logar, se já tiver se registrado. Se você preferir, também dá para fazer uma ficha com os dados básicos de um seu curso e colocar aqui, para que você possa fazer uma resenha dele (e outras pessoas também). Antes de entrar no ar, a ficha passa pela equipe do site EXAME, que promete um processo de aprovação rápido e indolor. Mãos ao mouse!

Ciências Econômicas / UFBA

Envie sua imagem »

Campus: Faculdade de Ciências Econômicas na Piedade (Centro)
Descrição: A Faculdade de Ciências Econômicas, instituição de ensino superior, foi incorporada à Universidade Federal da Bahia pelo Decreto nº 5.155 de 08.12.1950. É uma Unidade de ensino profissional, pesquisa e extensão. A Faculdade teve seu embrião em 1905 sob a denominação de Escola Comercial da Bahia. Sua Primeira sede foi na rua Chile. Posteriormente transferiu-se para Praça da Piedade onde funcionou até 1953, no prédio antigo. Durante o período de construção do novo edifício (velho atual), no mesmo local, a Faculdade utilizou para seu funcionamento o antigo Seminário Santa Teresa onde se acha instalado atualmente o Museu de Arte Sacra da Bahia e o Instituto Isaias Alves (ICEIA), no Barbalho. A inauguração do prédio em que atualmente funciona a Faculdade de Ciências Econômicas se concretizou em 1956 na Administração do Magnífico Reitor da UFBA, professor Edgar Santos. Inicialmente o curso que mais se destacava era o de Ciências Contábeis. A Faculdade de Ciências Econômicas se expandiu a partir da valorização do curso de Economia. Com esta valorização foram contratados professores de renome na área e a Faculdade tomou outra dimensão. O Curso de Economia passou por quatro reformulações de currículo como forma de acompanhar as transformações ocorridas na área e o processo de desenvolvimento econômico no Brasil e a nível mundial. O Primeiro Currículo teve o título "Administração e Finanças", pois nesta época não havia o desdobramento das Ciências Econômicas. O currículo foi normalizado pelo Decreto nº 20.158 de 30.06.1931 e teve duração de quatorze anos. O Segundo Currículo surgiu em 1945, modificando o anterior. Aprovado pelo Decreto nº 7.988 de 22.12.45, vigorou por dezessete anos e já havia a incorporação da ciência econômica no sistema universitário brasileiro, e refletia as transformações ocorridas no período pós-guerra. Porém, ainda não havia a desvinculação do curso de Ciências Contábeis e de Direito. Existia, porém, disciplinas especificamente econômica. O terceiro currículo aprovado em 1962, consolidou a separação entre os cursos de ciências contábeis, econômicas e atuariais. Todos foram disciplinados pelo Parecer nº 297/62, que fixava a duração do curso em quatro anos e institucionalizava o regime de crédito e matrícula por disciplina. Esse currículo permaneceu inalterado até 1984. A quarta modificação ocorreu em 1984, através do Resolução do Conselho Federal de Educação nº 11/84 e o Parecer nº 375/84, que fixa os mínimos de conteúdo e duração, o currículo entra em vigor em 1987. Com a implementação desse novo currículo, destaca-se como inovação: a elaboração de monografias no final do curso, aproximando o aluno da área de pesquisa e da vida acadêmica.
Vagas: 90
Nota do MEC: 4
Site: http://www.fce.ufba.br
Tags Economia, Instituição pública, Nordeste, Ciências Humanas
Ficha criada por: Daniel Alves / UFBA
denuncie
Avalie:
0 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10
5.7 nota
5600
views
espalhe
Editora Abril

Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados